Orin

Rated 4.50/5 based on 3 reviews
No Início, existia apenas uma vontade. Essa vontade não tinha desejos, pois não havia nada para desejar. Para essa vontade, todo o conhecimento era imediato e limitado à sua própria existência. A vontade existia numa plenitude despreocupada. Tudo mudou com um simples pestanejar…
Download: epub mobi (Kindle) pdf more Online Reader
Words: 8,640
Language: Portuguese
ISBN: 9781301789955
About Manuel Alves

MANUEL ALVES escreve palavras e desenha desenhos (o que esclarece completamente tudo o que precisa de ser completamente esclarecido). Algumas palavras juntam-se em muitas, muitas, muitas linhas de romances para crescidos (mais ou menos), como A CATIVA, A INVENÇÃO DE UM CONTO DE FADAS e TERRA FRIA. E outras palavras juntam-se a desenhos em histórias como as da LILI, para menos crescidos (e também para mais crescidos… basicamente para toda a gente). Nascido em Portugal, MANUEL ALVES tem a idade que pode ser calculada a partir da data de nascimento e é (aparentemente) humano, mas vive a maior parte do tempo afastado da civilização, num daqueles lugares místicos aos quais as pessoas costumam chamar carinhosamente cú de judas (de onde saem os arco-íris).

----
I’m the Master of the Universe currently taking a leave of absence.

I know all there is to know about small seemingly imperceptible things. For instance, like this one. Can you see it?

Also by This Author

Reviews

Review by: António M. Silva on Oct. 08, 2014 :
Excelente mesmo! Vale a pena ler esta versão da criação. Um conto bastante original.
(review of free book)

Review by: Ana Pereira on March 19, 2013 :
Orin foi a minha primeira aventura ao universo dos contos do autor.
É uma viagem bem humorada à Origem, que fica ali entre o Génesis e o Big Bang. Pelo caminho, apreciei a beleza das curvas e contracurvas da criação da Linguagem e do Género e as fantásticas construções de jogos de palavras, com traços arquitetónicos de Babel e Lego.
Orin é um hino à Vida, à Feminilidade e à Dualidade do Universo (com uma ou outra estrofe gastronómica). Sarcástico, pateta e enternecedoramente refrescante, com tudo o que de imperfeito e intempestivo podem ter a Criação e a Experimentação.
Fiquei agradavelmente surpreendida e com vontade de ler mais e foi isso que fiz assim que tive oportunidade.
Orin é um sítio a revisitar, quem sabe, para a próxima vez em inglês? É que fiquei curiosa por saber como ficará, por causa das pataniscas...
(review of free book)

Review by: Henrique Anders, Sr on Jan. 13, 2013 : (no rating)
Sou de poucas palavras.
Assim, resumo em apenas uma, simples e singular na sua própria forma:

Brutal.
(reviewed the day of purchase)

Report this book