Luis Pinto da Silva

Biography

Nascido em 1988, Luís Pinto da Silva completou o seu primeiro livro de Poesia "Coletânea de Devaneios" em 2013, tendo-se seguido "O Serão dos Miseráveis".

Apaixonado pela escrita, é fundador e escritor do blog Plano das Palavras, onde tenta construir novos mundos tendo como base as palavras.

Where to find Luis Pinto da Silva online


Books

O Serão dos Miseráveis
By
Price: $1.50 USD. Words: 1,280. Language: Portuguese. Published: October 21, 2013. Category: Fiction » Poetry » European poetry
(5.00)
Uma reunião secreta está a ocorrer, pobres miseráveis contam as agruras de suas vidas. Reflexão poética sobre os sentimentos menos nobres da humanidade, esta obra relata a história de dez miseráveis. Conheçam o Quasidivino Alucinado, o Patético Enlutado e a Pintora Insatisfeita, entre outros.
Coletânea de Devaneios
By
Price: $2.00 USD. Words: 2,760. Language: Portuguese. Published: September 26, 2013. Category: Fiction » Poetry » Portuguese poetry
(4.33)
A Poesia é um Universo mágico Sob forma de palavras Realidades são moldadas Almas são reveladas. Um Universo que ultrapassa Os limites da imaginação. A Poesia vou explorar Quem me quer acompanhar?

Smashwords book reviews by Luis Pinto da Silva

  • Poesia Visual on April 04, 2014

    Ideia interessante, a dos poemas visuais. No entanto, a execução deixa algo a desejar. Apesar de tudo, fiquei curioso sobre futuros trabalhos do autor.
  • Fragmentos Sedimentados on April 10, 2014

    Um livro de poesia rápido e agradável de ler, mas que transmite uma mensagem mais profunda em cada poema.Segundo a autora é um retrato pessoal, mas os poemas ressoam dentro de nós, demonstrando a capacidade de Mer Rose de apelar aos sentimentos e vivências alheios. Como é óbvio gostei mais de uns poemas do que outros, mas no geral é um conjunto de poemas bastante sólido e coeso que recomendo.
  • Incorrecções on April 14, 2014

    Um pequeno livro de poesias, bastante intenso e de leitura cativante. Poemas como "Recomeço" e "Cegueira" são o porta-estandarte da qualidade do Pedro Moreira como poeta.