O Segundo Armário: diário de um jovem soropositivo

Acho que hoje morreu algo em mim. Tem morrido a cada dia e sinto que isso é bom. Talvez seja o processo natural deste luto, talvez seja o nascimento de um novo ser, sim, um Alguém. Despeço-me hoje de alguém em mim. Acordo de um sonho chamado esperança. Despeço-me dela, sem olhar para trás. Beijo a esperança. Reagente nem sempre é ruim. Hora de reagir. More

Available ebook formats: epub

Also by This Publisher

Reviews

This book has not yet been reviewed.
Report this book