Email this sample to a friend



"Crônicas de um médico" tem mais de um escritor que de um seguidor de Hipócrates. Clínico-cardiologista há quinze anos ele é partidário da relação direta e pessoal médico-enfer­mo, que seria a salvação da crise atual da Medicina. Em cons­tante evolução, a tecnologia apresenta uma ameaça à Mediei­, na. Cresce a importância das Ciências Humanas para a forma­ção do médico. E pela grandeza moral do juramento pres­tado, EMÍLIO GRINBAUM tem firmemente dentro de si o caráter sacerdotal da Medicina e o espiritualismo de sua vida. Seja prevenindo, seja curando, seja consolando, está sempre compreendendo a seus semelhantes. São próximos do médi­co-homem e são próximos do homem-médico. Sua intuição mesclada à técnica, em , pesquisa constante, reverenciando a profissão escolhida: a mais nobre.

Previous Page Next Page Page 1 of 101