Interview with Marcus Deminco

Quando e como você começou a se interessar pela escrita?
Eu não sei quando nem como passei a escrever. Na verdade eu não escolhi escrever, talvez possa parecer meio romantizado, mas sinto que - de alguma maneira ignota - fui convocado para fazer isso. Comecei a escrever uma autobiografia após ter descoberto o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) em minha vida, e para somar a esta dificuldade, porque nada na minha vida nunca foi fácil, ainda tive que lidar com a dislexia. Mas mesmo com estas aparentes barreiras, e mesmo com algumas pessoas duvidando que alguém com estes dois tipos de transtorno pudesse ter êxito na escrita, a minha vida como escritor começou. Em 2006 terminei meu primeiro livro Eu & Meu amigo DDA: Autobiografia de um portador do distúrbio do déficit de atenção; em 2007 estava escrevendo meu segundo livro, Vertygo: O Suicídio de Lukas, relançado recentemente no formato ebook, após realizar alguns ajustes, pois todo pai sempre quer ver seu filho mais arrumado, mais bonito; o terceiro livro, em 2008 foi Helen Palmer: A Sombra de Clarice Lispector, lançado pela Smashword, que atualmente modificou o título para O Segredo de Clarice Lispector, sendo retirado de circulação para seu relançamento na Bienal de São Paulo 2016, e após novos capítulos irá surpreender qualquer pessoa que conhece esta escritora.
Quais características são necessárias para ser um escritor? Paixão? Determinação? Paciência?
Um escritor não escolhe escrever, as palavras é que escolhem o escritor. Existe um chamado que temos que atender, é algo que de repente toma conta de todo o ser, e você não tem como fazer algo diferente. O escritor é uma pessoa sem escolha, não tem volta, a paixão pelas palavras transpiram pelos seus poros, elas dançam na sua frente e a escrita tem um tom musical. A vida do homem muda, sendo ele um escravo da escrita.
Qual a sua profissão? Você trabalha com outra coisa além da escrita?
Atualmente sou psicologo e escritor. Ser escritor no Brasil é apenas uma espécie de subemprego erudito com certo status de intelectual, não existe um retorno financeiro com a escrita no qual possa sustentar o amor pelas palavras. Em um país onde se comemora o halloween, no dia de Carlos Drummond de Andrade, literatura não pode ser levada muito a sério.
O que você quer da sua carreira como escritor? Você busca prêmios? Dinheiro? Fama? Fãs?
Escritores estão sempre cheios de personagens dentro de si, a maior valorização é ser reconhecido podendo ter um retorno financeiro para escrever novos livros. O Sonho é poder trabalhar para uma editora assim como uma enfermeira trabalha em um Hospital, ou um engenheiro civil trabalha em uma construtora, recebendo pelo trabalho realizado. Construirmos sonhos e por vezes não tão valorizado como algo que é visto como um prédio que é construído, ou como o cuidado realizado pela enfermeira que faz com que o homem restabeleça a sua saúde; o livro faz com o que recobre a saúde mental através do fascínio de viver uma vida que não é do leitor através da leitura, através deste voo alto pela fantasia.
Qual foi o momento em que você disse a si mesmo: “Ei, eu sou um escritor (a) agora!”
Interessante quando você pergunta “um escritor agora”, para quem acredita é assim mesmo que se dá o momento em que nos descobrimos escritor, não como algo que podemos fazer também, mas algo que somos, é o AGORA que realiza esta metamorfose. Não existe retorno quando o sentimento da escrita e o arrebatamento com os palavras sucede.
Você sente mais controle sobre sua forma particular de expressão com a auto-publicação? Por exemplo, sente que você está tomando as decisões ao invés de uma editora?
A auto-publicação realmente tem uma vantagem em relação as publicações vinculadas a uma editora pois você tem toda a liberdade da escrita. Quando suas histórias são vinculadas a alguma editora ela perde um pouco desta liberdade, ainda é vista, mas dentro de uma gaiola, perdendo um pouco do seu canto de liberdade.
Que conselho você daria para novos escritores?
Tenham cuidado, escrever não é tão fácil e bonito quanto aparenta, as palavras seduzem e encantam e com o tempo você vai viver para elas e por elas.
O enredo precisa pulsar, ser dinâmico com os personagens planos e redondos atípicos, mas que também proporcione ao leitor uma identificação por antipatia ou atratividade. O personagem precisa parecer vivaz para quem ler tal qual pareça existir para quem o cria. Além do mais, a trama precisa ser diferente do convencional, surpreendendo o leitor intermitentemente.
Que conselho você daria para escritor com uma história acabada que quer compartilhar ela com um público maior?
Se um escritor tem uma nova história não deve deixar na gaveta, criamos os filhos para voarem e conquistarem o seu próprio destino. Assim são os livros e seus personagens, estão vivos e tem um caminho a seguir, não podemos aprisiona-los. Se realmente acredita no que escreveu jamais irá conseguir colocar em uma caixa após o termino, terminar um livro é uma conquista das mais belas que se pode sentir. Com certeza você investiu muito tempo de sua vida nele, não deixe o sonho acabar.
Como os seus leitores se beneficiam com seus livros? Já recebeu feedbacks deles?
E teria algo mais importante do que o feedback dos leitores? Escrevo sempre pensando em quem vai ler, como vai ler... o que vai sentir. Tento sempre pressupor que sou outra pessoa lendo para não escrever para mim mesmo. No meu blog existe uma seção em que os leitores deixam suas opiniões, acho que as melhores palavras para que esta pergunta seja explicada está em ler diretamente o que eles dizem: http://marcusdeminco.blogspot.com.br/p/blog-page_15.html
Alguns leitores acreditam que a qualidade dos livros de auto-publicação não estão a par com a qualidade de livros que passaram pelo processo de edição "tradicional". Como você responderia a essa percepção? O que os leitores precisam saber sobre aut
Os autores autopublicados se preocupam com o qualidade do trabalho, afinal, ninguém gostaria de ter seu nome atrelado a um trabalho deficiente. A promoção do escritor e a demonstração do seu talento passa por ter um cuidado com o que é oferecido ao leitor, não só o conteúdo é escrito com muito suor, mas com uma entrega profunda. Existem ainda muitas empresas que realizam um trabalho de parceria com o autor fazendo algumas revisões nas quais estes não se sintam seguros, além de alguns cursos que aparecem a cada dia auxiliando a publicação do autor independente, como revisão, elaboração de ebook, diagramação.
Por que você escolheu publicar independentemente?
Ao publicar de forma independente existe algo muito importante que nunca deve ser esquecido, o autor tem total liberdade criativa. O que seria mais importante senão isso? O mundo do escritor por vezes é tolhido pelo perfil da editora que escolhe para publicar seus livros, que muitas vezes não só realizam uma revisão do texto como sugerem mudanças no corpo do mesmo.
Como você define o seu estilo literário?
Indefinido. O meu estilo é o “Eumesmismo”. Talvez, eu tenha uma tendência mais intimista, pois o meu principal interesse sempre esteve voltado para os conflitos existenciais, e através da exploração dos aspectos subjetivos dos meus personagens, inevitavelmente — eu utilize os conceitos de tempo e de espaço psicológico — muito mais como elementos da narrativa, do que o linear e o ambiente físico ou social.
Você tem o hábito de ler muito?
De maneira nenhuma. Prefiro me dedicar às leituras de conteúdo mais técnico e específico voltados para o meu campo de atuação profissional. Não desconsiderando, de maneira alguma toda relevância da leitura, mas, embora muitos escritores e especialistas recomendem a prática da leitura como algo imprescindível para escritores, particularmente, acredito que a leitura de outros autores — de forma natural e inevitável — influencia diretamente no campo lexical e na disposição semântica dos “Autores Leitores”.
Quem são suas principais influências literárias?
Bem... Apesar da pouca leitura, a quantidade dos autores que me inspiraram é tão extensa quanto antagônica. Pois, eu tentei extrair o melhor na particularidade de cada um deles. Dos conceitos Junguianos de Inconsciente coletivo e sincronicidade as teorias Freudianas de tripartite da mente até a chamada prosa de sondagem psicológica. Do fascínio pela busca espiritual e a visão holística de Paulo Coelho, nas lídimas sensações humanas entre o concreto e o metafísico do multifacetado Fernando Pessoa, nas epifanias presentes nas intimistas prosas de Clarice Lispector. Na profundidade das análises psicológicas de Gustave Flaubert. Nas inquietudes, enigmáticas e no estilo minucioso para descrever os eventos subjetivos presentes nas obras de Kafka. Nas análises sobre os dilemas existencialistas de liberdade propostos por Jean-Paul Sartre e Simone de Beauvoir. Nas visões de interação simbólica e instituições totais de Erving Goffman. Nas reflexões sobre poder e conhecimento como forma de controle social de Michel Foucault. Nos conceitos de Idealismo transcendental, "Criticismo" e o Imperativo Categórico de Immanuel Kant. No estilo transgressor e na forma singular de descrever a loucura de Jack Kerouac. Nas ideias de pedagogia revolucionária propostas por Rubem Alves. Na maneira inovadora e trocista que o romancista Miguel de Cervantes transmitiu do mundo moderno através de Dom Quixote. No cuidado maior com a narrativa que com a estrutura técnica, dos maiores representantes do romance regionalista, Jorge Amado, João Ubaldo Ribeiro, e Ariano Suassuna. Todos esses, sem deixar de mencionar a genialidade e a relevância de José Saramago, Gabriel García Márquez, Antoine de Saint-Exupéry, C. S. Lewis, J. K. Rowling.
Published 2018-04-19.
Smashwords Interviews are created by the profiled author, publisher or reader.

Books by This Author

Coleção de Textos em E-Cards — Vol. 2
Price: Free! Words: 430. Language: Portuguese. Published: April 9, 2018. Categories: Fiction » Anthologies » Poetry - single author
Seleção de Textos, Frases & Pensamentos em Lindos E-Cards para você compartilhar em suas redes sociais. >> Do Mesmo Autor Dos Best-Sellers: ( 1 ) O Segredo de Clarice Lispector. ( 2 ) VERTYGO – O Suicídio de Lukas
Eu & Meu Amigo DDA – Autobiografia de um Portador do Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (Prévia da 2ª Edição)
Price: $1.99 USD. Words: 9,600. Language: Portuguese. Published: March 24, 2018. Categories: Nonfiction » Biography » Autobiographies & Memoirs, Nonfiction » Psychology » ADHD
Trata-se de uma Edição Prévia da 2ª Edição do Livro, EU & MEU AMIGO DDA – o primeiro relato autobiográfico feito por um jovem portador do Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH).
O Segredo de Clarice Lispector (Versão Prévia)
Price: Free! Words: 8,970. Language: Portuguese. Published: March 15, 2018. Categories: Nonfiction » Biography » Celebrity biography
Esta é apenas uma Versão Prévia com alguns capítulos do best-seller original “O Segredo de Clarice Lispector”
Vertygo – The Suicide of Lukas (Previous Version)
Price: Free! Words: 13,630. Language: American English. Published: March 15, 2018. Categories: Nonfiction » Biography » Criminals & outlaws
THIS is just a Previous Version with some chapters of the original Best-seller ‘Vertygo – The Suicide of Lukas’
Vertygo – O Suicídio de Lukas (Edição Prévia)
Price: Free! Words: 13,110. Language: Portuguese. Published: March 15, 2018. Categories: Nonfiction » Biography » Criminals & outlaws
Esta é apenas uma Versão Prévia com alguns capítulos do best-seller original “Vertygo – O Suicídio de Lukas”
Programação Neurolinguística: Começando pelo Começo
Price: $3.19 USD. Words: 34,050. Language: Portuguese. Published: February 19, 2018. Categories: Nonfiction » Entertainment » Celebrity culture
- COMEÇANDO PELO COMEÇO – é um guia introdutório apresentando os principais Conceitos, e as técnicas mais conhecidas na Programação Neurolinguística (PNL)
Mensagem para Postar, Curtir & Compartilhar - Volume 3
Price: Free! Words: 10,720. Language: Portuguese. Published: July 7, 2017. Categories: Nonfiction » Inspiration » General self-help
Ótima Coletânea com Parábolas, Frases e Textos reflexivos para Postar, Curtir e Compartilhar entre seus amigos e/ou contatos das suas redes sociais. Do mesmo autor dos livros: 1. O Segredo de Clarice Lispector. 2. VERTYGO - O Suicídio de Lukas.
Eu & Meu amigo DDA
Price: $2.49 USD. Words: 68,960. Language: Portuguese. Published: June 3, 2016. Categories: Nonfiction » Biography » Autobiographies & Memoirs, Nonfiction » Psychology » Addiction
Lançado em Setembro de 2006 durante a 1ª Quinzena Nacional de Leitura em comemoração aos 78 anos da Livraria Siciliano, EU & MEU AMIGO DDA (Autobiografia de um portador do Transtorno Do Déficit De Atenção/Hiperatividade) é o primeiro livro autobiográfico sobre o TDA/H. Através de uma narrativa descontraída, Marcus Deminco descreve inúmeras das suas inquietantes aventuras.
Coleção de Textos em E-Cards
Price: Free! Words: 400. Language: Portuguese. Published: May 27, 2016. Categories: Fiction » Literary collections » Letters
Coleção de textos em Ecards para compartilhar em suas redes sociais
Mensagens para Postar, Curtir & Compartilhar - Volume 2
Price: Free! Words: 6,130. Language: Portuguese. Published: May 13, 2016. Categories: Fiction » Classics
Seleção de textos & frases em Cards para você compartilhar em suas redes sociais.
Mensagens para Postar, Curtir & Compartilhar - Volume 1
Price: Free! Words: 6,580. Language: Portuguese. Published: May 13, 2016. Categories: Fiction » Classics
Seleção de textos & frases em Cards para você compartilhar em suas redes sociais.